critica

No primeiro texto falamos sobre aceitação, algo que iremos voltar a repetir, mas desta vez é sobre como ultrapassar críticas. O que dizes? Com este texto pretendemos que saibas gerir e ultrapassar as críticas que te fase, sendo elas positivas ou negativas. Vamos começar?

Em primeiro lugar terás de pensar num momento mais negativo, ou pensamento se preferires, que tenhas vivido, depois disso ter acontecido, descobre as áreas onde és mais critico contigo ou são mais críticos contigo. Este passo é o momento onde tu calas a tua critica interior independentemente do que ela diga. Quando decides calar ou ignorar a tua critica interior irá reduzir os teus pensamentos negativos, e ainda te traz benefícios tais como ajudar-te  a criar mais espaço para a compaixão, aceitação e até o perdão. Agora deixo-te aqui umas dicas para identificares esse pensamentos ou momentos teu por exemplo, ao pegar-se pensando “Eu sou tão idiota”, pergunta-te o seguinte:

  1. Este é um pensamento gentil?
  2. Ele (O Pensamento) faz -me sentir bem?
  3. Eu dizia isso para algum amigo ou ente querido?
  4. Se a resposta for não, vais saber que esse pensamento é fruto da tua crítica interior.

O segundo passo deste texto é sem dúvida de como ultrapassar estes pensamentos, melhor ultrapassar estas criticas interiores. Quando estiveres a ter  pensamentos negativos sobre ti, desafie-os e acaba com eles. Está preparado para contra-atacá-los com um pensamento positivo. Um conselho que te dou é sem dúvida seres positivo e usares os teus pontos mais fortes para contra atacar esses pensamentos! Vê aqui os alguns passos que podes ter.

Ex 1: “Eu não sou inteligente”, desafia esse pensamento para um tipo de afirmação: “Embora eu possa não ter conhecimento sobre esse assunto, eu sou inteligente de outras maneiras”.

Ex 2: Lembra-te das suas qualidades: “Nem todos são talentosos nas mesmas áreas. Eu sei que tenho talento noutra área, e estou orgulho nisso”.

Lembra-te ou relembra-te que a tua crítica interior negativa não é verdadeira, tenta sempre ser gentil com ela.

O terceiro pensamento tem o nome de auto-aperfeiçoamento, mas antes de chegarmos a ele temos de focar na auto-aceitação., esta que é aceitares tal e qual como és agora, ou seja, no Presente. O auto-aperfeiçoamento acaba por ser o foco nas mudanças que precisam ser feitas, para mais tarde aceitar o Futuro, que nos espera e vermos como iremos ser. Identifica as áreas com intenção de valorizá-las como elas são agora.  Depois de analizares tudo com calma e ponderação, decide quais queres ou não, para melhorares no futuro. Deixo-te aqui um exemplo muito comum a todas as pessoas que é “Perder Peso”

“Primeiramente, começas sempre com esta afirmação de auto-aceitação sobre o teu peso atual, e dizes: “Embora eu queira perder peso, eu sinto-me bem da forma que sou”. Mas depois, molda o teu auto-aperfeiçoamento em termos positivos e produtivos. E em vez de pensar que: “Não tenho o formato de corpo ideal, só vou me sentir bem depois de perder 10 kg”, e podes acabar por pensar “Gostava de perder 10 kg para ficar mais saudável e ter mais energia”.”

O ultimo passo é mudar as prespetiva que tens sobre ti mesmo, porque quando crias prespetivas  irreais sobre ti estás a seguir um caminho com deceções ou desilusões, o que acaba por dificultar a tua auto-aceitação, por isso muda as tuas prespetivas sobre ti.

Anúncios

2 comentários sobre “Aceitação: “Ultrapassar Críticas”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s