UIOP+.jpg

No último texto falámos de separações, mas neste vamos falar da dor emocional que muitos sentem quando uma relação termina. Esta dor tem de ser exteriorizada e ultrapassada, para que assim possamos abrir espaço para o amor. Vamos começar a resolver esta questão da nossa dor emocional.

O primeiro passo é entenderes que  sentir esta dor emocional é normal. Após uma separação é normal sentires-te triste, irritado/a, assustado/a e outras emoções. Provavelmente agora que estás sozinho/a tens medo de ficar assim para o resto da vida e de nunca mais seres feliz, mas lembra-te que é apenas uma fase e que necessitas de sentir essas emoções para poderes seguir em frente.

O segundo passo é fazeres uma pausa na tua rotina. Após o fim de um relacionamento, opta por quebrares a tua rotina, para que não estejas sempre a fazer as mesmas coisas. Tira algum tempo para ti. Esse tempo pode ajudar-te a processar os sentimentos e a melhorá-los a longo prazo. Mas lembra-te fá-lo de modo a que não afete os teus outros relacionamentos ou o teu trabalho.

O terceiro passo é permitires-te sofrer pelo fim do relacionamento. O fim de um relacionamento pode deixar-te um grande vazio no coração, exigindo um período significativo de luto. Dá-te permissão para sofreres por essa perda e sentires a dor que ela te causa. Caso contrário, poderá levar muito mais tempo para te sentires melhor e para seguires em frente. Chora, grita, pragueja, dá murros num saco de treino. Faz tudo o que for necessário para deitar esses sentimentos negativos cá para fora.

O quarto passo é certificares-te que as pessoas à tua volta te apoiam. As pessoas que estão mais próximas de ti podem apoiar-te e ajudar-te a sentires-te melhor e bem contigo mesmo/a. Rodeia-te de amigos e familiares solidários e encorajadores. Isso vai ajudar-te a seguires em frente. Não tenhas medo de pedir ajuda aos teus amigos e familiares, se precisares de alguém para conversar ou de um ombro amigo para chorar.

O penúltimo passo é encontrar formas saudáveis para aliviar a dor emocional. O primeiro instinto pode ser o de querer ignorar ou aliviar a dor, cedendo a vícios como o álcool, as drogas, o tabaco ou até mesmo a comida, mas isso não te dá uma solução a longo prazo. Fica longe desses métodos prejudiciais para lidar com a dor emocional. Em vez disso, tenta encontrar formas de lidar com as emoções de uma maneira mais saudável. Tenta começar um novo hobby que tenho mantenha ocupado, enquanto recuperas do fim do relacionamento. Matricula-te numa aula, entra num clube ou aprende a fazer algo novo. Porque ao estares envolvido num hobby isso vai ajudar-te, por um lado, a sentires-te melhor contigo mesmo, a distraíres-te da dor por algum tempo e, por fim, a desenvolveres a tua autoestima, através da aprendizagem de uma nova habilidade.

O último passo, caso consideres necessário, é falares com psicólogo sobre o fim do relacionamento, e sobre os medos que isso acarreta em ti. Se estiveres  a ter problemas em lidar com a dor emocional ou se suspeitares que estás deprimido por causa da separação, consulta um psicólogo ou um terapeuta que te possa ajudar.

Anúncios

Um comentário sobre “Separações: “A Dor Emocional”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s