À Conversa Com… Helena Sonipa

Helena Sonipa 1.jpg

Olá a todos! Sou Helena Sonipa um ser que através da sua característica teimosa luta por tudo aquilo que acredita . Tenho 21 anos, sou a menina da terra ,sou afro descendente mas nasci na linda cidade de torres novas , onde vivo até hoje . Tenho um filho lindo que me ensina bastante como viver em plenitude e no agora .De profissão sou terapeuta holística , faço cursos , workshops e leituras de Runas da mãe terra,   tenho uma terapia de cura chamada reiki indígena, dou meditações guiadas , workshops vegetarianos, terapias de cura para bebé e faço artesanato terapêutico . Amo a minha família.

Sou bastante curiosa e adoro rir. Espero que gostes da minha entrevista e que sirva para te enriquecer como lindo ser humano que és pois acredito com todo o meu coração que todo o ser veio há terra para dar o seu talento natural que torna a  terra mais mágica!

OteuBemEstar: Olá! Espero que estejas Bem porque hoje é dia de conversarmos um pouco sobre ti! Vamos começar? Primeira Pergunta que eu tenho para ti! Neste momento como te descreves, ou seja Quem és tu?

Helena Sonipa: Digo diversas vezes que o meu nome diz tudo sobre mim , HELENA SONIPA, este nome trás consigo uma  linda essência que passou por varias gerações, então trás com ele um lindo saber ancestral .

Sou acima de tudo um ser humano que gosta de “ser” e sentir, sou mulher  , sou deliciada por crianças e animais , sou mãe , terapeuta holística , artesã terapêutica , sou vegetariana , sou alegre , sou defensora das minhas causas , sou idealista , sou um ser do mundo que da terra veio e que apenas a mim pertence , por vezes vejo –me como um lindo pássaro a percorrer os céus deste belo mundo , ai vejo todas  as maravilhas que a terra tão delicadamente nos concede, sou portanto filha do vento e irmã da Água.

Identifico-me com povos indígenas , principalmente pela pureza , pelo amor e pelo respeito que nutrem por tudo o que vive incluindo a natureza . Na verdade eles respeitam o fluxo natural da vida e vêm tudo como algo divino e abençoado. É  essa ideologia que trago para a minha vida e tento todos os dias segui-la.

OteuBemEstar: Muito bem! Conta-me como foi a tua infância?

Helena Sonipa: Bem a minha infância foi feliz e conturbada ao mesmo tempo, cresci numa família multi-cultural , trago comigo povo africano , indiano e português e isso fez com que aceitasse todos dos modos de viver e pensar .

Sou portuguesa e cresci toda a minha vida cá em Portugal. A minha mãe conta-me  que sempre me desenvolvi muito cedo e que a minha independência desde sempre se fez notar , ela conta-me  que o pediatra dizia-lhe para aproveitar muito bem porque eu iria crescer mesmo rápido (Risos).

Desde pequena que tenho um lado bastante mediúnico e sem nunca ter experimentado fisicamente rezas africanas , quando via um altar fazia como se tudo fosse muito natural , lembro depois  de andar sempre a mexer na terra ,e fazer aventuras pelo mato com a minha linda escudeira Cristina Sonipa,  fazer casas para as formigas com a minha linda irmã , a ver flores a falar com os pássaros e a pedir conselhos á minha avó HELENA SONIPA , eu lembro de a ver como se estivesse viva , até fico emocionada porque sinto um amor enorme quando vem a sua presença. Mais tarde após a separação conturbada  dos meus pais a vida fez me crescer bastante e tornei me uma “mulher ”com responsabilidades de adultos com apenas 9 anos, incrível como o numero nove na minha vida significa mesmo fechos de ciclo, o que em África é bastante natural , contudo estava em Portugal,  minha ralação com a minha irmã tornou-se tão grandiosa que não se consegue explicar ela é como se fosse parte de mim.  Nada é por acaso e a dureza que tinha na altura hoje dá me muito jeito em determinadas situações da minha vida.

Resumindo em três palavras a minha infância foi MARAVILHOSA , MAGICA E TRNSFORMADORA

OteuBemEstar: O que mudarias na tua infância?

Helena Sonipa: Eu estou verdadeiramente grata a toda a minha historia porque me permitiu ser quem sou hoje,  sou grata aos meus pais por um dia decidirem me colocar neste mundo, sou grata por todas as bases que me deram, pela formação , sou grata ao que passei porque hoje dá-me muito jeito em determinadas situações da minha vida. Nada é por acaso e eu escolhi os meus criadores na terra então vim aprender tudo o que aprendi, portanto não mudaria absolutamente nada, a não ser andar menos vezes descalça. (Risos)

Helena Sonipa 3.jpg

OteuBemEstar: Quando é que descobriste o teu “Dom”?

Helena Sonipa: Essa pergunta esta meio que respondida com a minha historia de vida , mas acho que todos os seres têm os seus dons , muitas vezes não os aceitam, principalmente as crianças porque elas têm uma pureza que as permite chegar lá a cima de outra forma. Respondendo agora á pergunta acho que sempre o  soube que o tinha então não considero uma descoberta, em pequena usava muito a intuição , na adolescência perdi-me porque não me identificava com os seres da minha idade e não pensava como eles, a escola não me fazia sentido algum porque  via-os a padronizarem pessoas e a tirarem a sua inteligência. Ainda hoje penso assim porque mais que um saber estudado vem um saber emocional , vem o poder da critica , vem as diferentes visões do mundo porque nenhum ser é igual a outro é isso que torna o mundo maravilhoso e magico . Pois bem a escola frustrava-me bastante , lia muitos livros e uma vês li um que se chama “o elemento” , e este dizia que cada pessoa tinha um dom natural, vendo o padrão da escola eu perdi o sentido, pois uns eram bons a matemática , outros a português , e eu a nada absolutamente nada. Nesta fase perdi a minha identidade, estava desmotivada com tudo era activista dos meus ideais e ninguém queria saber de nada, então um dia a minha mãe leva-me para uma empresa de Marketing multi-nível chamada Amway.

Nova Imagem.jpg

Era  a pessoa mais nova tinha uns 17 anos no meio de pessoas de trintas , no indico rejeitei , mas o sistema de formação falava em espiritualidade , a empresa tinha produtos que  não faziam mal ao meio ambiente , que me trouxeram saúde e que protegia a minha doce mais terra nem as suas embalagens eram feitas de plástico o que queria dizer que os peixes deixavam de comer plástico comigo (Risos). Eu redescobri- me e conheci pessoas fantásticas como a Guida a minha joaninha (Joana cascão ) e comecei a trilhar o meu caminho mais espiritual com estes maravilhosos seres  e percebi-me, comecei a lidar com cada emoção , segui as praticas mediativos , reencontrei o meu dom de criança e parti para uma nova vida.

OteuBemEstar: Qual foi o motivo de o desenvolveres?

Helena Sonipa: Comecei a ir a sessões de reiki com a minha joaninha, tivemos uma empatia muito grande e vejo-a como minha irmã mais velha , depois senti que devia tirar o curso mais ainda gravida porque na auto cura estava a estabelecer uma maior ligação com o meu lindo ser e a curar alguns dos traumas que vinham de vidas passadas , além de todos os benefícios do equilíbrio energético numa gravidez, depois de me despedir da pastelaria que trabalhava no turno da noite , comecei a aceitar que tinha que trabalhar com o meu dom , depois de varias mensagens , vários puxões de orelhas que eles lá em sima me davam , depois de me ser retidas algumas coisas na matéria aceitei , não sabia muito bem o que trabalhar, mas como eu sou muito ligada á terra e pedras vi as runas e decidi começar por ai ,  fiz as minhas próprias runas a partir dai tudo foi um carrossel e pronto aqui estou eu a trabalhar com aquilo que me enche a alma .

OteuBemEstar: Qual é a terapia que mais te identificas?

Helena Sonipa: Todas , porque eu sou todas , alias elas bebem da minha essência. Em primeiro o  reiki indígena trás consigo todo o meu saber ancestral ,uso pedacinhos da terra nesta terapia e sinto me em casa, ela tem os meus guias indígenas, o espiro animal e diversos seres e povos  que com o seu amor e pureza trazem aquele lindo ser a magia da harmonia da vida.  É lindo porque também eu  curo–me ao mesmo tempo, mesmo ao dar as mensagens canalizadas, tudo no meu trabalho vem como mensagem para a minha vida e então eu evoluo a cada terapia.  Depois as minhas lindas runas da mãe terra , elas são seres que espalham luz por diversas vidas, e eu sou completamente apaixonada por cada símbolo desenhado , por cada energia que trazem por poder ajudar no caminho e respostar de seres que muitas vezes só precisam de um empurrãozinho para que tudo flua em suas vidas. E por fim a bijutaria terapêutica que faço desde criança , ela dá-me a cura que é passada para o ser que a possuir.

OteuBemEstar: Quais são os teus objetivos nessa Terapia?

Helena Sonipa:  O meu objetivo é ajudar a que a luz entre nos corações, é ajudar o eu superior daquele ser que tanto tenta se fazer ouvir, é ajudar a terra a aumentar de vibração e que o mundo seja de sonho , amor , respeito , felicidade, abundancia e de possibilidades para todos.  Sonho que todos os seres conquistem o poder de viverem livres , de conquistarem a felicidade plena , de sentirem a paz e o amor da terra nos seus corações, de fazerem o que lhes dá prazer , de saberem lidar com emoções e crescerem a cada desafio com um sorriso na cara.

 Sonho em ir a vários lugares do mundo conhecer povos e ajuda-los, sonho com seres leves que amam a vida, sonho com crianças que ensinam os adultos a serem felizes só porque sim, sonho com animais a usarem todo o seu poder e medicina com o homem.

As minhas terapias e o meu modo de viver é o veículo para este meu sonho sem duvida

OteuBemEstar: Deixas-te de fazer algo para desenvolveres essa terapia?

Helena Sonipa: Não absolutamente nada , alias as minhas terapias dão muito mais vida.

OteuBemEstar: Tens alguma expectativa ou planos futuros para divulgar esta terapia?

Helena Sonipa: Bom sem sonhos o homem nada vive e eu quero ir a diversos lugares do mundo espalhar as minhas terapias, como o vou fazer não faço ideia , mas sei que vou e que a cada crescimento pessoal mais aprendo

Nova Imagem.jpg

OteuBemEstar: Completa a frase “Eu não vou Morrer Sem….”

Helena Sonipa: Sem conhecer mais o mundo, sem ir a África, sem conhecer mais sobre a historia da minha avo, sem dizer que amo a todas as pessoas que amo, sem rir muito, sem cumprir o que vim cá fazer, sem deixar um mundo melhor cheio de sonhadores e seres que amam a vida, sem me despedir de todas as emoções ,sem dar ferramentas aos meus filhos que os ajudem a encontrar se no seu caminho , sem agradecer de coração cheio por ter a oportunidade de viver , sem abraçar arvores em todo o mundo.

OteuBemEstar: Completa a frase “Quando eu morrer..”

Helena Sonipa: Quando for a minha hora é porque tenho que ir viver outras experiencias não físicas,  quando eu morrer vou descansar porque hoje sou melhor que ontem e é assim que vivo.

OteuBemEstar: A morte Assusta-te?

Helena Sonipa: De maneira nenhuma até lido com bastante naturalidade com essa realidade, é um respeito pela lei natural da vida. Existe várias mortes nas nossas vida, depois vem a morte física, na natureza tudo o que nasce morre é simples assim. Imagina uma flor nasce na primavera e morre no inverno, no entanto ela deu cor, oxigénio, alimento, amor e casa a milhares de seres, depois chegou a sua hora de partir com a chegada do sagrado frio.

OteuBemEstar: Acreditas na vida para alem da Morte?

Helena Sonipa: Sim acredito

OteuBemEstar: Um momento marcante na tua vida?

Helena Sonipa: Tenho vários , porque como já percebes-te amo viver intensamente, mas posso dizer o dia que decidi ser mãe , ou o dia em que fui viver sozinha, ou o dia em que depois de um período de longa escassez a abundancia entrou em minha vida … Escolho falar sobre o meu filho , curiosamente sou grata ao dia do seu nascimento claro , mas o dia mais marcante foi quando o decidi ter e colocar neste mundo, sempre quis ser mãe desde que me conheço, acho que é um lindo poder concedido á mulher,  este poder de gerar no seu ventre outra vida, uma vida que lhe escolheu para a acompanhar todos os nove meses são de um amor inexplicável, o sentires o ser a mexer dentro de ti, o sentires e ouvires o seu coração que bate, a sensação de que tu permites VIDA  é  magica , tão magica que me emociona e me faz querer ter mais filhos.

ghjk.jpg

Apesar de eu e o pai do meu filho não estarmos juntos mantemos uma relação saudável e sou lhe muito grata por ele me dar o que de mias precioso tenho na via , ele é um ser extremamente feliz é quem mais dá cor á minha vida,  é um amor que não cabe no coração. Passamos muitas coisas juntos e ele sem sequer falar deu-me o que mais preso nesta vida Amor, a  cada momento , a cada risada , a cada passada , a cada coisinha nova que ele faz , a cada desafio , a cada abraço , a cada mimo é sagradamente delicioso … foi a melhor decisão da minha vida sem dúvida alguma, a de ser mãe aos 20 anos

OteuBemEstar: Qual foi o momento mais surpreendente que vives-te?

Helena Sonipa: O nascimento dos meus irmãos , eu amo-os muito. A minha irmã quando ela nasceu eu tinha 3 anos foi uma verdadeira surpresa porque eu nunca tinha percebido muito bem como aquilo tudo funcionava …lembro-me como se fosse hoje de a ir ver no hospital aquela ansiedade , aquela curiosidade , aquela estranheza de como nasce um bebe … quando a vi ameia , apesar de a ter rejeitado pois era filha única , mas tenho uma foto do primeiro momento que a vi e é de amor ela é um pedacinho do meu coração . hoje somo muito amigas damos-nos muito bem e ela tornou se uma linda mulher cheia de vida e de ideais.  O meu irmão veio bem mais tarde já era adolescente , amo a minha mãe e amo o facto dela me conceder a oportunidade de ter dois lindos seres na minha vida… cuidei dele bem pequenino tínhamos conversas de gente grande,  o meu irmão tem espírito guerreiro , não para um segundo é desafiador de regras e como é típico dos 7 anos começa a dar aquelas respostas que uma pessoas nem sabe o que fazer, risos,  amo o muito alias eu digo lhes isso sempre que estou com eles. Eles  amam o meu trabalho e eu amo tudo aquilo que eles são!

OteuBemEstar: Se pudesses visitar qualquer lugar no mundo onde ias e porquê?

Helena Sonipa: Eu quero visitar o mundo inteiro , vejo me numa carrinha ou auto-caravana com os meu filhos e homem a percorrer o mundo, o que me entusiasma principalmente é as gentes do mundo, quero ir a milhares de tribos quero conhecer as suas crenças, quero ir a África conhecer me também , quero ir a países quentes com gentes de coração grande, quero ir a países frios e conhecer a sua história, quero visitar museus, ver a arte dos mundos  ver a arte das terras, ser a arte das diferentes naturezas e animais. Como disse eu sou do mundo e espero que os meus filhos tenham a sorte de fazer esta linda viagem com esta maravilhosa mamã.

Helena Sonipa 2.jpg

OteuBemEstar: Vamos agora jogar a um Jogo que é o “Se eu fosse…” e tu irás apenas responder o que eras e justificar. Pode ser?

Helena Sonipa: Sim vamos a isso.

OteuBemEstar: Se eu fosse uma frase…

Helena Sonipa: Seria esta : A vida é maravilhosa e o poder de sentir na  tua vida toda a sua magia e harmonia é de facto um grande dom. Sê o teu dom e vive .

OteuBemEstar: Se eu fosse um livro 

Helena Sonipa: Seria um bem divertido e que despertaria assim milhares de vidas

OteuBemEstar: Se eu fosse um filme

Helena Sonipa: Era o da Pocahontas sem duvida alguma , a forma como ela sente a terra , como é fiel a si .. a forma como corre pela floresta e como respeita todos os seres apaixona-me

OteuBemEstar: Vamos continuar e finalizar a nossa conversa. Conta-me qual é a tua maior qualidade?

Helena Sonipa: É olhar tudo com pureza , nem sempre sou humana , mas trago uma inocência e um olhar puro sobre o mundo que me permite ser mais feliz … adoro saber mais sobre tudo , tenho uma curiosidade de uma criança e sou transparente como um rio … ás vezes com amigos dou bastante trabalho porque começo a filosofar e a perguntar os porquês , e porque tem que ser e de onde isso veio e quem fez , qual a sua historia , porque tem que ser isso o correto … sempre com pureza porque é sincero, vem de dentro, bem do fundo do meu ser e espero permanecer comigo até desencarnar.

Helena Sonipa 4.jpg

OteuBemEstar: O que é mais gratificante Ajudar ou Ser ajudado?

Helena Sonipa:  Bem não consigo dizer uma , porque para ajudares já foste ajudado, é um lindo ciclo que te permite experienciar com todos os teus sentido a magia da gratidão . Ser ajudado , acho que todos já fomos e esse processo da a vez a um fenómeno maravilhoso que é pedir ajuda , a sociedade geral pensa que pedir ajuda é sinal de fraqueza – eu também pensava e custa-me bastante pedir ajuda ainda, mas de facto não é verdade , é um sinal de sabedoria e inteligência e é gratificante teres seres a teu lado que te ajudam na caminhada , eu tenho e sinto –me sortuda por ter comigo todos eles , desde família a pessoas que se tornaram família como a Joana o filipe ou mesmo a Marina , a Inês, bem acho que no fundo todos os seres que aparecem na tua vida te ajudam,  mesmo até a cresceres.

Depois vem a outra face ajudar , e vem com ela uma sensação muito boa de se ser útil, de conseguir colocar magia na vida de alguém , de distribuir sorrisos , de colocar corações felizes e concretizados , de solucionar ou mudar a consciência de um lindo e único ser.

OteuBemEstar: Qual é o teu Lema de vida e porque?

Helena Sonipa:  O meu lema é:  Eu sou paz ; Eu sou luz ; Eu sou amor, porque esta é a única certeza que temos, está é a verdadeira energia de qualquer ser, esta sou eu na minha mais pura essência.

OteuBemEstar: Que conselho darias ás pessoas que te consultam e a todas as pessoas no geral?

Helena Sonipa:  Para não deixarem escapar nada que o coração diga para fazer , que a vida é para ser vivida em pleno e que por metades não se consegue viver

OteuBemEstar: O que tens a dizer sobre a Positividade?

Helena Sonipa: Como disse a vida é feita de possibilidade, e a positividade ajuda-te a viveres como queres viver,  além de te tornar mais feliz , mais grata , com mais saúde e amor no coração

ghjkllkj.jpg

OteuBemEstar: Por fim chegamos á tua ultima pergunta, Achas que com esta conversa conseguimos conhecer mais um pouco de ti e do teu mundo?

Helena Sonipa: Sem duvida , queria agradecer te do fundo do coração , porque nada é por acaso e veio dar-me mais felicidade . Todos os dias tu te redescobres  porque tu és uma infinita fonte de possibilidades e de conceitos intrínsecos … então sim foi muito bom e gratificante. foi uma linda viagem á minha vida e á minha essência GRATAAA.

Espero que também te tenhas divertido e gostado de conhecer um bocadinho de mim hoje

OteuBemEstar: Obrigado por teres estado aqui “Á conversa” comigo!

Anúncios

6 Comments on “À Conversa Com… Helena Sonipa

  1. Uma entrevista muito emocionante, adorei. Continuação de um bom trabalho e boa sorte para as suas terapias e que tenha muito sucesso!

    Gostar

  2. A vida ensinou me que devemos dar continuidade as nossas raízes … por vezes , acreditamos não ser possível mas…. ainda que este pequeno ser não tenha conhecido a sua avozinha ( Helena Sonipa ) o universo encarregou se de transmitir tudo aquilo que esta grande Senhora iria ensinar aos seus netos …. Grata ao universo por Tudo !!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: