PTCL.jpg

No último texto falámos sobre pessoas tóxicas e como reconhecê-las. O nosso objetivo com este texto é  aprender a identificar e a evitar esse tipo de personalidades tóxicas. Vamos a isso.

O primeiro e mais importante dos passos é identificar as tuas companhias. As pessoas que estão na tua vida trazem o seu melhor para a tu vida ou tu és/estás a ser apenas uma esponja para a negatividade delas? Tenta fazer uma lista de relacionamentos potencialmente tóxicos na tua vida, faz um plano detalhado para lidar com elas. Considera os seguintes pontos:

  • O teu parceiro
  • Os teus “ex”
  • Amigos
  • Familiares
  • Colegas de trabalho
  • Vizinhos
  • Conhecidos

O segundo passo é aceitar as pessoas pelo aquilo que elas são.  A personalidade tóxica só é tóxica se te afetar negativamente. Podes ser amigo de pessoas mal humoradas, pessoas negativas, mas isso não significa necessariamente que há algo de errado com elas. Aceita as pessoas pelo que elas são e como elas são, e não te deixes afetar por elas. Aceita-te como és, também. Se fores uma pessoa positiva, podes não conseguir sair com pessoas negativas. Isso não te diminui. Só precisas de saber o que é saudável para ti.

O terceiro passo é criar empatia. Se as pessoas quiserem espalhar a sua ansiedade, muda o rumo da sua conversa negativa. Por exemplo, se alguém estiver a insistir que o seu novo trabalho será mau, contradiz e pergunta, “E se for bom?”. Ajuda-as a ver as possibilidades boas em vez das más.  Não tentes mudar as pessoas. Lembra-te de que não podes mudar a outra pessoa, só a ti mesmo; por isso não te sintas mal. Só poderás ajudar verdadeiramente uma pessoa negativa quando já não fores  influenciado por ela.

O quarto passo é não ligar ao que os outros dizem. Se não gostas do que alguém está a dizer, não lhe dês atenção. Sintoniza-te com as partes positivas e construtivas da conversa e começa a tua viagem pelo mundo da lua, para não entrares no território negativo dessa mesma pessoa. Sê solidário e positivo com o seu lado da conversa. Se o teu amigo não parar de falar sobre como “O trabalho é terrível e eu odeio tudo”, não te deixes contaminar por essas emoções negativas. Diz-lhe: “Pelo menos a hora de almoço é boa”. Isso cria um espaço entre vocês e pode tornar a negatividade menos frequente. Cria um pequeno sinal para te lembrares de ouvir seletivamente. Podes mexer no cabelo, estalar os dedos, ver as horas, qualquer coisa.

O quinto passo é alterares o tema da conversa. Se não gostas do que alguém está a dizer, muda o tema da conversa. Se estás a receber demasiada energia negativa desse tema, muda rapidamente sempre que o tema ou a conversa for mais negativa. Se o teu amigo quiser dizer: “O trabalho é mau e o meu chefe é um idiota”, então muda. Diz : “Sim. Pelo menos não pagas bilhetes de futebol o que é bom. A quantos jogos já assististe ao domingo?”. Se a pessoa estiver a procurar culpar alguém por um problema, mantém a calma. Em vez de te sentires sugado, concentra-te em encontrar uma solução para o problema e procura o lado bom dele.

O penúltimo passo é minimizar as tuas interações com esse tipo de pessoas. Se estiveres com dificuldade em lidar com a negatividade que as pessoas trazem para a tua vida, pode ser hora certa para começar a limitar as interações significativamente. Não podes mudar a maneira como as pessoas se comportam, mas podes sair. Se inicias regularmente as tuas interações com essa pessoa, para. Se essa pessoa parar de entrar em contacto, toma isso como um sinal de que o teu relacionamento não era valioso para ela. Se te perguntarem se algo está errado, sê honesto e diz: “Eu tenho dificuldade em lidar com a tua negatividade. És frequentemente muito negativo, e eu não gosto de como isso me faz sentir. Eu gosto de ti, mas acho que nós precisamos de  nos ver menos vezes”.

O último passo é colocar um ponto final no relacionamento. Se alguém estiver realmente a afetar a tua saúde mental e bem-estar com a sua negatividade, termina o relacionamento. Para de ver a pessoa, se ela não puder/ conseguir ser positiva perto de ti. Não tentes usar ultimatos se estiveres a falar sobre a personalidade de alguém. Dizer a alguém “Podemos sair, mas apenas se não fores negativo” seria como dizer a essa pessoa que só poderia sair com ela se ela fosse uma pessoa diferente. Se isso não for possível, cheguem a um acordo. Mas lembra-te de ser sempre honesto.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s