À Conversa Com: Rosinda Flores

Primeiro que tudo, grata por pelo convite.Eu sou a Rosinda Flores, nasci a 19 Março numa pequena aldeia Alentejana mas cedo fui viver para França para onde os meus pais imigraram, e lá permaneci até aos 19 anos de idade. Sou peixes (atípica peixa …risos) ascendente caranguejo e por isso sou movida pelo coração. Já dei muitas voltas, já vivi em vários locais de França e Portugal, hoje com 51 anos vivo em Marinhais, no Concelho de Salvaterra de Magos, pacata Vila no campo, preciso do contacto com a natureza e já não me vejo a viver em grandes cidades.

Licenciei me em Educação e Comunicação Multimédia fiz Mestrado em Gestão de sistemas e-Learning, área em trabalhei até 2016, altura em que o Universo resolveu que já chegava e que tinha de começar a fazer o que me propus vir cá fazer (risos). Por isso hoje sou Hipnoterapeuta, Terapeuta holística e Formadora. Não gosto muito da palavra Terapeuta, gosto mais de me ver como uma facilitadora de processos de autoconhecimento e de mudança, pois acredito que a verdadeira cura é sempre uma auto- cura. Para além da hipnose terapêutica, formei me em hipnose clinica, terapia de regressão a vidas passadas, access bars, reiki, terapia quântica biofeedback e mais algumas (risos).Tento aprofundar os conhecimentos pois quanto mais ferramentas tiver à minha disposição, melhor estarei em condições de proporcionar ajuda a quem precisa.

OteuBemEstar: Olá! Espero que estejas Bem porque hoje é dia de conversarmos um pouco sobre ti! Vamos começar? Primeira Pergunta que eu tenho para ti! Neste momento como te descreves, ou seja, Quem és tu?

Rosinda: Sou uma Alma trabalhando todos os dias para ser um pouco melhor a cada dia, dando o melhor de mim a cada pessoa que chega até mim e a cumprir a sua missão aqui na Terra. Fui apelidada, por uma criança inocente, de “curadora de Almas” e confesso que adorei e me revi exatamente nessa descrição. A maioria das pessoas andam perdidas e buscam incessantemente algo fora delas que as façam “sentir vivas” porque a Alma está adormecida e é isso que faço, acordo as Almas para que possam alinhar se e (re) conectar-se, para que possamos todos juntos caminhar para um Mundo melhor.

OteuBemEstar: Muito bem! Conta-me como foi a tua infância?

Rosinda: Não tive uma infância muito fácil, foi passada entre França com os meus pais, numa família desestruturada e com cenas de violência, e entre Portugal com o meu avô que bebia cedo pela manhã e dormia o resto do dia e uma avó que trabalhava de sol a sol. Digamos que cresci sem grande orientação cuja única ligação era uma irmã 1 ano mais velha. Tenho consciência, que a minha mãe com cinco filhos e uma vida sofrida fez o melhor que pode. Todas estas vivencias tornaram-me muito independente logo cedo. Mas mesmo assim consigo lembrar momentos felizes, maioria deles passados com a minha irmã e meus amigos em Portugal

001.jpg

OteuBemEstar: O que mudarias na tua infância?

Rosinda: Durante anos, vivi revoltada com o Mundo, com a minha vida, mas hoje já fiz as pazes comigo e com o meu passado. Com o conhecimento que tenho hoje olho para traz e percebo que tudo aconteceu como tinha de acontecer para chegar onde cheguei e ser quem sou, e por isso não mudava nada. Tudo o que aconteceu foi o que a minha Alma precisou para despertar e obter ferramentas para cumprir o seu propósito de vida, por isso não haveria nada a mudar.

OteuBemEstar: Quando é que descobriste o teu “Dom”?

Rosinda: Não lhe chamaria de Dom mas sim uma característica. Sempre fui assim desde que me lembro. Logo cedo percebi que não era como as outras crianças, via e ouvia coisa que mais ninguém via e não tendo apoio nenhum e sendo gozada pelas outras crianças, vivia assustada e fui me fechando e isolando até que conseguiu bloquear tudo isso, mas mesmo assim nunca me senti “normal” (risos). Aos 25, 26 anos essa característica voltou o que me deixou em pânico, não sabia a quem recorrer, não conseguindo falar sobre isso com ninguém acabei num psiquiatra que muito profissionalmente me diagnosticou um esgotamento e depressão. Nos últimos 7 anos estas visões foram se acentuando, despertando com elas outras características que ainda não tinha tomado consciência.

OteuBemEstar: Qual é a terapia com que mais te identificas?

Rosinda: Sem dúvida a terapia de regressão a vidas passadas. Se bem que faço esta terapia recorrendo à hipnose, que não se pode considerar terapia mas sim ma ferramenta. É uma ferramenta que nos permite obter um enorme conhecimento de nos mesmos, perceber o porquê de algumas caraterísticas nossas, sentimentos ou medos que às vezes não nos fazem sentido. É uma ferramenta dupla é terapêutica pelos motivos que já referi e ao mesmo tempo espiritual pois temos acesso a outras dimensões, a outros planos, a outras vidas. E é um mundo tão maravilhoso. Este autoconhecimento traz nos paz, serenidade e libertação, e poder tocar uma Alma e vê la a despertar é tão mas tão gratificante que não tem descrição possível.

OteuBemEstar: Quais são os teus objetivos nessa Terapia?
Rosinda: Aprofundar a técnica mais ainda e levá la o mais longe possível para permitir despertar o máximo de pessoas.
002.jpg
OteuBemEstar: Deixaste de fazer algo para desenvolveres essa terapia?
Rosinda: Não, não posso dizer que tenha deixado de fazer algo, tudo se tem encaminhado de uma forma natural, vou deixando umas coisas para trás que deixam de fazer sentido e vou continuando outras que surgem naturalmente. O Universo sabe o que faz e quando o faz é sempre no momento certo.
OteuBemEstar: Tens alguma expetativa ou planos futuros para divulgar esta terapia?
Rosinda: Sim, para além da divulgação através do Facebook que já faço, criei recentemente o Quintessência Instituto que está em fase de “instalação”, o local onde irá abrir é muito importante para mim e por isso ainda estou a analisar as energias de várias localidades. Queria que tivesse o mar por perto, mas também campo e não está a ser fácil (risos). O objectivo deste Instituto é trazer uma nova consciência quântica e espiritual a cada pessoa que nos procurar, integrando o corpo, a mente e a alma. Será uma porta para a transformação de cada um na melhor versão de si mesmo. No Quintessência haverá sempre uma mão amiga e uma palavra de conforto para quem precisar independentemente de crenças ou religiões. Quando nós mudamos o mundo à nossa volta muda. Se cada um de nós mudar um pouquinho que seja e ajudar alguém a mudar, o Mundo tornar-se á um lugar bem melhor.
OteuBemEstar: Qual é o teu maior sonho?
Rosinda: Que o Quintessência possa tocar o coração do máximo de pessoas, contribuindo assim para o Despertar de Consciências. Esse é o meu maior sonho… contribuir para a Ascensão do Mundo!
OteuBemEstar: Completa a frase “Quando eu morrer…”
Rosinda:  Quando eu morrer….Regressarei a casa.
OteuBemEstar: A morte assusta-te?
Rosinda: Não, nada mesmo. Com o conhecimento e a consciência que adquiri ate hoje a morte é o culminar de mais uma etapa, já terei evoluído mais um pouquinho enquanto Alma e faço por isso todos os dias. O que me assusta é a impotência que sinto perante o sofrimento de quem me é chegado e ainda não adquiriu a mesma consciência.
OteuBemEstar: Acreditas na vida para além da Morte?
Rosinda: A resposta a essa pergunta já está implícita na anterior e não seria eu Terapeuta de Vidas Passadas (risos) Claro que acredito, somos seres espirituais vivendo experiencias num corpo físico neste Mundo de matéria. Na morte só o corpo físico “desliga” a Alma e o Espírito permanecem vivos. Essa energia que o nosso corpo físico alberga, já foi identificada cientificamente.
003.jpg
OteuBemEstar: Um momento marcante na tua vida?
Rosinda: Foram muitos os momentos marcantes da minha vida, mas talvez aquele que me tenha mudado mais foi o momento em que soube que estava grávida do meu filho mais velho, após vários anos a tentar engravidar sem sucesso. Foi um momento que me transtornou imenso na altura, e andei uns tempos muito mal pois foi aquele em que percebi que não poderia fugir mais à minha mediunidade. Soube da minha gravidez 1mes antes, pelo meu avô que tinha falecido à cerca de 1ano, em que me apareceu e disse para não ter medo, que muitas coisas iriam mudar, mas que ia correr tudo bem e que ia ter um menino. Passado um mês confirmou se a gravidez e só anos mais tarde é que entendi o que iria mudar.
OteuBemEstar: Qual foi o momento mais surpreendente que viveste?
Rosinda: O momento mais surpreendente que vivi foi quando descobri o real poder da nossa mente, um mundo infinito de possibilidades.
OteuBemEstar: Se pudesses visitar qualquer lugar no mundo onde irias e porquê?
Rosinda: Uii são tantos os lugares que gostaria de visitar. Por exemplo India…Tibete… Bali, todos eles pelo ambiente e forma como vivem a espiritualidade.
OteuBemEstar: Vamos agora jogar a um Jogo que é o “Se eu fosse…” e tu irás apenas responder o que eras e justificar. Pode ser?
Rosinda: Sim, claro que sim.
OteuBemEstar: Se eu fosse uma frase…
Rosinda: “Essas dores que você sente são mensageiros. Ouça-os.” (Rumi) porque é isso mesmo, o nosso corpo fala connosco constantemente, os sintomas não são mais do que somatização das emoções e dá nos alertas de que algo está mal em nossa vida e que precisamos dar atenção.
OteuBemEstar: Se eu fosse um livro…
Rosinda: A Profecia Celestina de James Redfield, foi o livro que deu o click na minha forma de ver o Mundo.
OteuBemEstar: Se eu fosse um filme…
Rosinda: Ghost o espírito do amor, vi dezenas (muitas dezenas… risos) de vezes. Foi o filme que me ajudou a aceitar a minha diferença. O perceber que afinal não estava sozinha neste caminho, tranquilizou me.
004.jpg
OteuBemEstar: Vamos continuar e finalizar a nossa conversa. Conta-me qual é a tua maior qualidade?
Rosinda: A resiliência, a capacidade de dar a volta em situações extremas com uma enorme rapidez. Tenho uma enorme força interior que às vezes até me surpreendo a mim mesma (risos)
OteuBemEstar: O que é mais gratificante Ajudar ou Ser ajudado?
Rosinda: Ajudar, se bem que não se pode separar um do outro, ao ajudar o outro estamos a ajudar a nos próprios. É tão… mas tão gratificante poder fazer a diferença na vida das pessoas. É como se pudesse tocar num coração ferido (muitas vezes completamente destruído) e pudesse ver toda a sua transformação … isso… não tem preço!
OteuBemEstar: Qual é o teu Lema de vida e porquê?
Rosinda: Conectar me com o meu Eu para cumprir a missão de vida que a minha Alma se propôs, da melhor forma possível, nem sempre é fácil mas tento não prejudicar ninguém e evoluir um pouco mais a cada dia, ajudando a evoluir cada uma das pessoas que o Universo vai colocando no meu caminho, pois tenho consciência que o Mundo precisa de uma mudança rápido e essa mudança só se poderá dar com um numero elevado de pessoas “Despertas”.
OteuBemEstar: Que conselho darias às pessoas que te consultam e a todas as pessoas em geral?
Rosinda: Nada acontece por acaso, e se estou a passar por esta ou aquela situação, em vez de me deixar ir nesta energia de mágoa, de rancores ou de vitimização, devo parar e pensar, isto está-me a acontecer porque? O que tenho a aprender com isto? Interiorizar a lição, perdoar o que houver a perdoar, deixar ir o que já não faz sentido e seguir o seu caminho. Mais tarde tudo ficará mais claro e iremos olhar para traz e perceber que tudo aconteceu como tinha de acontecer, no momento certo e sempre com o propósito de evoluirmos.
OteuBemEstar: O que tens a dizer sobre a Positividade?
Rosinda: É o lado certo da vida, é uma questão vibracional. Tudo é energia, somos energia, os nossos pensamentos são energia, as nossas emoções são energia. Tudo o que nós emitimos vai vibrar numa determinada frequência e como não pode ficar “em vazio”, o que nós emitimos irá ser nos retornado na mesma proporção e na mesma frequência em que emitimos. Por isso se queremos atrair pessoas e situações positivas, há que emitir nessa mesma frequência.
OteuBemEstar: Por fim chegámos à tua última pergunta. Achas que com esta conversa conseguimos conhecer mais um pouco de ti e do teu mundo?
Rosinda: Sim, penso que consegui transmitir quem sou em cada uma das respostas.
OteuBemEstar: Obrigado por teres estado aqui “Àconversa” comigo!
Rosinda: Grata pela oportunidade de dar a conhecer um pouco mais sobre mim e o meu trabalho.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: