Mensagens por Bruna Boieiro 29/09 – 05/10

Meus queridos,  espero que esteja tudo bem convosco. Esta semana, venho-vos  falar de um assunto delicado para mim. Mais uma vez, e com a ajuda do pêndulo, o Oráculo selecionado foi o da Terapia dos Anjos, em que a carta que os nossos anjos me enviaram foi Pais. Meus queridos, já fui apenas filha e agora sou mãe e, até o ser, não sabia o Amor e a Força que há dentro destes seres maravilhosos que são os nossos nossos Pais.

85ac3601211ff9735d39cbfdb312fefb.jpg

Pais de verdade sofrem. Ser Pai e Ser Mãe é uma missão muito dura. Talvez das missões mais difíceis que nos são colocadas aqui na terra. Por mim falo, mas também é das que dá as melhores recompensas, pois o sorrisos dos nossos filhos é o melhor de tudo. Hoje, queridas almas, quero que olhem para os vossos Pais, mesmo que estes já tenham partido fisicamente e falem de alguma mágoa ou problema que tenham em relação a eles, e falem de coração aberto. Exponham aquilo que sentem, sem medo de serem julgados, pois hoje é o dia de curar dores associadas aos pais. Se não tiverem nada por resolver, digam o quanto gostam deles. Vamos honrá-los por todos os sacrifícios que fizeram por nós, por todas as vezes que os fizemos sentir um fracasso por culpa das nossas acções e não deles. Os nossos Pais são os nossos pilares, o nosso porto seguro quando o nosso mundo vai todo abaixo. No final das suas vidas,  não lhes damos o merecido mérito por falta de tempo, por falta de interesse ou por falta de condições.  Às vezes, achamos que esse Ser já não tem mais nada para nos ensinar, mas enganam-se. A sabedoria deles é eterna. Uma vez li que, quando morre uma mãe, morre parte de uma história. Sim, aquela parte da infância que não nos lembramos e que ela conhece todos os pormenores.

Não me interpretem mal, meus queridos. Quando falo de Pais, falo daquelas seres que se disponibilizaram para nos educar, amar e cuidar, quer sejam avós, tios, etc.. Não tem de ser obrigatoriamente pais biológicos. Pais são todos aquelas pessoas que amam acima de tudo e independentemente dos laços de sangue.

Amem os vossos pais e dêem-lhes um bem precioso, um pouco do vosso tempo.


Com Gratidão

Bruna Boieiro

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s