A última carta de Amor

Meus amigos, chegou mais uma terça feira, o dia da nossa rubrica. Espero que a vossa semana tenha sido muito produtiva e que tenham lido muito.

Hoje vou-vos falar de um livro que me foi emprestado, que se chama A última carta de Amor, de Jojo Moyes,

Meus amigos, não vou ser lamechas, nem vos vou chatear com a temática do Amor, que, por si só, é muito abrangente.

Decidi falar-vos deste livro com o intuito de vos aconselhar a dizerem tudo o que vos vai na alma, quer seja através de uma simples carta, quer seja através de um mero sms.

No caso particular deste livro, a carta foi o meio de comunicação usado, pois a história inicial passa-se há quarenta anos e continua pelo século XXI.

Como é do conhecimento geral, há quarenta anos, as mulheres não tinham autonomia e eram obrigadas a fazer aquilo que os seus pais e/ou maridos exigiam.

A personagem feminina era casada e bem casada, a nível social, mas não era verdadeiramente feliz. Faltava-lhe qualquer coisa. Conseguimos perceber, com o desenrolar da história, que o que lhe faltava era ser amada, no pleno sentido da palavra.

Foi numa das inúmeras festas que frequentou que conheceu aquele que foi o grande amor da sua vida, aquele com quem se comunicou, via carta, durante largos meses, e a quem jurou amor eterno. Chegou mesmo a fugir a abandonar o seu marido. Mas o destino pregou uma partida aos amantes.

Volvidos quarenta anos, uma jovem jornalista a entrar em decadência encontra uma das ditas cartas de amor, trocadas entre os amantes, e decide investigar a sua história dos dois amantes.

Pode-se dizer, em jeito de conclusão da história do livro, que passados quarenta anos, o destino alinhou os seus chacras e corrigiu o seu erro.

Meus amigos, o que tem de ser é. Não vale a pena fugir, evitar ou até mesmo ignorar. O que é nosso, a nós virá, nem que seja daqui por quarenta anos.

Até lá, não deixem de dizer o que vos vai na alma. Mesmo que o destino não colabore no imediato, nunca sabemos se daqui a quarenta anos as coisas acontecem ….

Leiam muito e não se esqueçam de voar ….

Abraços & Beijos

TCR

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s