Escrever Transformar & Ser Vol.2 Cap.III

O passado é uma fonte de aprendizagem para cada um de nós, por tudo o que vivemos e sentimos, porém não deve ser o local onde devamos ficar parados, sem conseguirmos avançar e por talvez nos sentirmos seguros, agarrados a todos os momentos que já foram vividos. O futuro apenas ajuda a alicerçar os nossos sonhos, metas e objetivos, conscientes do que queremos para nós, mas que pode ser tantas vezes alterado, sem que isso seja de todo correto ou incorreto, pois estamos em constante mudança. O Presente, este efémero momento temporal, é onde nos encontramos agora e onde devemos conseguir viver em plenitude e em consciência.

A escrita poderá ajudar, em grande parte, para lidar com todas as emoções relacionadas com as nossas vivências passadas, as nossas esperanças futuras e a forma como vivemos e sentimos Hoje, no momento em que vivemos e da forma como estamos a viver. Através da escrita terapêutica poderemos reconhecer e tentar compreender quais as emoções que bloqueiam a nossa vivência plena do presente e de que forma as queremos acolher, para nos sentirmos confortáveis com o momento presente.

Um dos exercícios de escrita terapêutica que pode ser aplicado neste contexto é a Carta do Presente, uma carta onde vamos expressar tudo o que sentimos no momento presente, relacionando cada emoção com uma experiência/vivência, sem quaisquer juízos de valor, sem nos criticarmos por sentirmos que somos ou não capazes de viver no momento atual sem saudosismo ou sem ansiedade. A Carta do Presente pode ser iniciada escrevendo a forma como vivemos hoje, respondendo a algumas questões tais como “ Como me sinto hoje? Como está a minha vida no momento presente? Sinto que ainda estou a viver no meu passado? Estou ansioso e/ou preocupado com o meu futuro?”, deixando fluir a nossa escrita, sendo sempre verdadeiros connosco próprios, removendo qualquer máscara que possamos utilizar, para encararmos o nosso mundo emocional tal como ele está e nos encararmos tal como estamos e somos.

Na mesma carta, continuamos a escrever, expressando as emoções que sentimos e vivenciamos, tendo em conta cada experiência que estamos a viver neste exato momento e podemos elaborar esta carta utilizando estes exemplos “Atualmente sinto-me (…), porque não consigo libertar de (…) e/ou estou muito preocupado com (…); “Isto que hoje estou a viver e a sentir está relacionado com (…), sendo que reconheço que preciso de fazer (…), para aproveitar melhor o momento, o meu Hoje.

A elaboração desta carta pode abranger diversos aspetos, momentos, emoções e relações, sendo que podemos também criar uma lista que poderá complementar a informação que consta na Carta do Presente, sendo essa lista chamada Lista do Presente. Nesta lista vamos anotar cada experiência que identificámos na carta que estamos a elaborar e numa das colunas escrevemos tudo o que poderá estar relacionado com o passado, noutra coluna tudo o que faz parte do presente e na última coluna tudo o que poderá estar relacionado com o futuro. 

Ao olhar para esta lista poderemos viver um processo reflexivo conforme a mesma esteja elaborada, ou seja, podemos reconhecer que o nosso presente está de facto ainda muito condicionado com o nosso passado e que poderá estar a ser minado pelo nosso futuro, sendo que o presente não está a ser vivido de forma natural, espontânea e consciente. Isto poderá significar que para viver o Hoje em plenitude, precisamos de trabalhar e compreender o que ainda nos prende ao passado e o que nos faz pensar constantemente no futuro (de um modo não saudável), sendo que para lidar e compreender as emoções relacionadas com as experiências que foram anotadas, podemos usar outros exercícios de escrita que já foram apresentados em outros artigos elaborados ao longo dos últimos meses,

É importante que percebamos que podemos e conseguimos viver o presente de um modo saudável e consciente, ao compreender e gerir as nossas emoções e ao lidar com os fantasmas do nosso passado e com as visões do nosso futuro, pois Hoje é o momento de sentir, ser, agir e Viver.

Ricardo Fonseca

www.semearemocoes.com

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s