Hora da Conversa com… Vanda Pereira

Olá, agradeço o vosso convite e paciência em esperar o momento certo para que esta entrevista acontecesse. Eu sou a Vanda e nasci em Lisboa. O meu signo é Carneiro, tenho a Lua, o Júpiter e o Mercúrio em Peixes e ascendente em Caranguejo.

Sou licenciada em Gestão de Recursos Humanos desde 1998 e Formadora certificada pelo IEFP desde 2003. Sou iniciada avançada e praticante diária de Geometria Sagrada (Light Language níveis 1, 2 e 3 feitos duas vezes entre 2010 e 2016), Professora de Intervenção Divina desde 2013 (Técnicas de Cura Xamânica), Iniciada e praticante diária de Access Barrs© (desde 2015) e uma apaixonada eterna em aprender.

OteuBemEstar: Olá! Espero que estejas bem. Hoje é dia de conversarmos um pouco sobre ti! Vamos começar? A primeira pergunta que eu tenho para ti é, neste momento, como te descreves, ou seja, “Quem és tu?”

Vanda: Antes de mais, agradeço esta atenção que me está a ser dada. Esse é um dos ingredientes da paixão: alguém que se interessa por nós e que nos faz perguntas frescas que nos fazem crescer e sentir fora aquilo que está dentro. Consagro esta oportunidade a inspirar quem está a ler estas linhas a ser mais e mais a sua luz e esplendor. Eu sou um ser apaixonado pela vida, pela natureza, pelos meus amigos, pela aventura que é estar viva neste momento da humanidade. O meu dia começa com a sintonização com os elementos, com os pássaros, com a terra. Ao acordar, envio luz para o planeta, para mim e para os locais onde vou estar nesse dia. Sou consciência em ação. Sinto cada vez mais que estou no sítio certo no momento certo. Agradeço muito todas as dádivas da vida, tudo de bom que existe, que me nutre, que me possibilita espalhar cada vez mais amor. Sou muito curiosa, complexa e simples ao mesmo tempo, corajosa, amo pintar e escrever.

OteuBemEstar: Conta-me como foi a tua infância?

Vanda : Durante alguns anos não entendi porque escolhi ter uma infância na cidade. Hoje em dia percebo que foi para me dar as ferramentas e fluxo que, de outra forma, não teria. Fui a segunda filha com cinco anos de diferença e adorava o meu irmão. Isso deu-me uma enorme estaleca, porque queria estar ao nível dele e cresci muito depressa em vários aspetos. Apesar de viver na cidade, ainda no outro dia que questionava como é que é possível, no meio do reboliço que foram os meus primeiros anos de vida, eu ainda me lembrar do cheiro das flores do caminho de casa para a escola! Andava sempre de um lado para o outro entre escola e desportos, catequese e amigos: brincava imenso na rua. Vivia na Av. dos Estados Unidos da América e tínhamos três jardins enormes, andando de jardim em jardim, a celebrar, a brincar à carica, à bola, ao mata, etc.. No meu prédio, viviam duas famílias indianas e, em plena cidade, tive contacto com a cultura da Índia. Era maria-rapaz, pois tinha imensa energia, fazia tudo o que me apetecia e tinha muitos amigos rapazes. Lembro-me que ainda estava no jardim-de-infância e eu já não dormia a sesta com os outros meninos: ia para o café com as educadoras. Fui precoce em muitas coisas, uma delas ter entrado na pré-competição de natação aos 7 anos de idade! Recentemente, um amigo da escola enviou-me uma foto dessa altura e vi perfeitamente que não era feliz… andava sempre de um lado para o outro! Mas guardo todas as experiências com gratidão por fazer de mim quem sou hoje: um ser muito completo que não se deixa deslumbrar facilmente devido a tantas e diversas vivências.


OteuBemEstar: O que mudarias na tua infância?

Vanda : Engraçada esta pergunta, porque sinto neste momento estar a viver aquilo que me faltou na infância: o contacto diário e a presença dos meus pais. Voltei a viver em casa deles, por opção, e sinto uma imensa gratidão por me estar a ser dada uma segunda oportunidade de viver mesmo com eles. Quando era mais nova eles trabalhavam muito e estavam pouco presentes.

OteuBemEstar: O que dirias hoje à tua criança interior?

Vanda: Amo-te, querida. És linda e quero que sejas feliz e que inspires muitas pessoas com o teu brilho e luz naturais. Brinca, brinca muito. Dança e canta quando te apetece! Faças o que fizeres, eu abraço-te sempre.


OteuBemEstar: Quando é que descobriste o teu “Dom”?

Vanda: Houve algo que me marcou na infância: acordava a meio da noite a contar e a perceber que não havia fim…! A noção de infinito era já incrível. A sensibilidade muito forte: só não tive a educação necessária na altura, mas sobretudo com uma das minhas professoras Homaya Amar, aprendi o que eram as minhas sensações e sobretudo capacidades intuitivas

OteuBemEstar: Qual foi o motivo de o desenvolveres?

Vanda: O motivo foi esse mesmo: educar-me sobre estas capacidades que sempre tive. Entender o subtil, analisar o invisível, reconhecer a capacidade do ser humano de captar as energias à sua volta. E fazê-lo! Essa foi a motivação: florescer e permitir-me ser quem sou, dando os meus talentos ao mundo.

Anúncios

OteuBemEstar: Qual é a terapia com que te mais identificas?

Vanda: Identifico-me muito com o Access Barrs©, pela simplicidade e magia PURA. Por me ter chegado de forma tão fluída num momento essencial da minha vida. A energia desta terapia chegou-me na sua essência. E claro, uma técnica de acesso à intuição que me inspirou a escrever o meu segundo livro. Uso-a com regularidade e é uma das pérolas da minha vida. Uma fonte de Luz imensa na minha vida que antes, estava muito mais direcionada para os outros do que para mim. Pratico-a desde 2014 e a minha vida mudou muito com esta prática: confio muito mais em mim e na minha capacidade intuitiva e psíquica.

OteuBemEstar: Quais são os teus objetivos quando usas essa Terapia?

Vanda: Ajudar as pessoas a confiarem mais em si, a libertarem o passado com harmonia e a ativarem o seu poder pessoal de mudança com foco e amor.

OteuBemEstar: Deixaste de fazer algo para desenvolveres essa terapia?

Vanda: A certa altura deixei tudo o que já não me servia e à minha evolução. Lembro-me que um dia tinha um jantar combinado com um amigo. Algo em mim gritou com muita força “Chega! Vais àquele workshop e deixar para trás aquilo que já sabes tão bem que não te acrescenta nada e que está longe dos verdadeiros desejos do teu coração.” E assim foi, desmarquei o jantar, fui a um workshop que mudou a minha vida e me ajudou a iniciar um caminho de muita luz e serviço com consciência e devoção. Até hoje!

OteuBemEstar: Tens alguma expetativa ou planos futuros para divulgar esta terapia?

Vanda: O Access Barrs© utilizo diariamente como referido e também falo disso no meu segundo livro (assim como sobre a técnica de acesso ao canal intuitivo): “Poder Intuitivo, Decidir com a ajuda da sabedoria interior”. O livro está quase a sair da gráfica e conto lançá-lo no início de 2020 e promovê-lo nos próximos anos, também facilitando os workshops com este tema e outros.

OteuBemEstar: Completa a frase “Quando eu morrer..”

Vanda: Quando eu morrer…os Anjos vão-me levar para a luz e eu vou ouvir os seus cantos e cantar com eles, dissolvendo todas as ilusões, seguindo a minha estrela.

OteuBemEstar: Completa a frase “Eu não vou Morrer Sem….”

Vanda: Eu não vou morrer sem deixar a minha marca no mundo.

OteuBemEstar: A morte assusta-te?

Vanda: Às vezes. Já não aconteci há um tempo eu sentir a morte. O que tenho percebido é que quando vem esse sentimento: medo da morte, é porque alguém morreu perto. Tem-se confirmado ser assim. Quando era criança sentia muitas vezes esse medo “Um dia eu vou acabar. A Vanda vai acabar.” E arrepiava-me toda. Acho que era a minha alma a comunicar que estava se calhar muito apegada à minha personalidade e ao meu corpo. Sou um ser de sensações e isso, por vezes, cria, naturalmente, algum apego ao corpo.

OteuBemEstar: Acreditas na vida para além da Morte?

Vanda: Sim, acredito.

OteuBemEstar: Um momento marcante na tua vida?

Vanda: Ter sido mãe.

OteuBemEstar: Qual foi o momento mais surpreendente que viveste?

Vanda: Difícil responder!… Demorou algum tempo até destacar um! Também porque adoro surpresas e navegar o desconhecido. Mas o que mais me surpreende é, sem dúvida, quando estou numa sessão ou num momento e seres de luz falam comigo e, ao passar a informação à pessoa, ela confirma! O mais surpreendente foi num dia em que fui à depilação e houve um problema de manutenção: ficámos sem luz e quando a senhora acendeu uma vela, a avó dela que tinha morrido há cerca de três semanas falou comigo! E as informações que recebi foram confirmadas de forma realmente surpreendente..

OteuBemEstar: Se pudesses visitar qualquer lugar no mundo onde ias e porquê?

Vanda: Quero voltar aos Açores porque estive lá já várias vezes e é dos locais mais puros que conheço em todo o mundo. Para além de ter naquelas pedras e caminhos a força imensa do povo português. É incrível o que, por exemplo, foi construído na ilha do Pico. Uma inspiração!

OteuBemEstar: Vamos agora jogar a um Jogo que é o “Se eu fosse…” e tu irás apenas responder o que eras e justificar. Pode ser?

Vanda: Pode Ser.

OteuBemEstar: Se eu fosse um cristal…

Vanda: Era uma ametista pela espiritualidade que vivo na prática, pela bênção que é ter essa possibilidade e força para o fazer.

OteuBemEstar: Se eu fosse uma cor… 

Vanda: Amarelo, pela clareza que equilibra o acesso a outras realidades e mundos.

OteuBemEstar: Se eu fosse um animal…

Vanda: Tigre, pela força, presença, pujança, beleza e garra. E instinto.

OteuBemEstar: Se eu fosse uma estação do ano …

Vanda:  Outono pela minha maturidade. Foi a primeira palavra que veio e confio. Mas logo a seguir veio a primavera, pela frescura, pelo florescimento, pela força de vida.

OteuBemEstar: Se eu fosse uma música …

Vanda:  9ª Sinfonia de Beethoven, porque é plena de alegria, amor, estrutura e entusiasmo! Também sou uma música intuitiva de canto e tambor intuitivo todos os dias ao amanhecer.

OteuBemEstar: Se eu fosse uma frase… 

Vanda:  Gratidão pela Vida.

OteuBemEstar: Se eu fosse um livro…

Vanda: “Poder Intuitivo”, por tudo o que coloquei de mim no livro durante quatro anos 😀

OteuBemEstar: Se eu fosse um filme …

Vanda: “Scaramouche”: pelos naturais altos e baixos da vida, pela igualdade, fraternidade e liberdade, pela vitória do amor puro, pela beleza do coração, pela amizade, pela irmandade, pela busca de si mesmo e de quem se é.

Anúncios

OteuBemEstar: Vamos continuar e estamos quase a finalizar a nossa conversa. Conta-me qual é a tua maior qualidade?

Vanda: Capacidade de ver e receber o outro.

OteuBemEstar: O que é mais gratificante para ti: Ajudar ou Ser ajudado?

Vanda: Ontem, ajudei uma pessoa e ver a mudança de expressão dela de dureza para um imenso e doce sorriso foi das coisas mais lindas que existe no mundo.

OteuBemEstar: Qual é o teu Lema de vida e porquê?

Vanda: Sem lemas… Vivenciar, registar, aprender e partilhar.

OteuBemEstar: Que conselho darias às pessoas que te consultam e a todas as pessoas no geral?

Vanda: A primeira coisa que chegou foi “Ser feliz”.

OteuBemEstar: O que tens a dizer sobre a Positividade?

Vanda: É uma arte. Perguntar “ o que é possível para além disto?” transforma qualquer precaridade em magia pura. É alquimia avançada quando é verdadeira.

OteuBemEstar: Defendes a Teoria popular do “Querer é poder”. Porque?

Vanda: Eu diria antes “Aquilo em que acreditamos acontece”. Ou “Se somos capazes de sonhar, somos também capazes de o materializar.” E a partir daí, lembrar que o mais importante é o Amor e desfrutar do caminho. Ter paciência, porque requer disciplina, perseverança e a tal capacidade de positividade para “transformar as pedras do caminho num palácio”.

OteuBemEstar: Por fim, chegamos à tua última pergunta. Achas que com esta conversa conseguimos conhecer mais um pouco de ti e do teu mundo?

Vanda: Um bocadinho sim.

OteuBemEstar: Obrigado por teres estado aqui “À conversa” comigo!

Vanda: Grata também! Foi um prazer. Um grande bem haja!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: