O amante japonês

Olá, meus amigos, sejam bem-vindos a mais uma terça feira. Voltei a escolher um livro de Isabel Allende para a nossa rubrica. O escolhido chama-se O amante japonês.

Como é típico dos livros de Allende, este também retrata um período histórico-social. O deste, em particular, é o da II Guerra Mundial. Em 1939, os polacos Mendel, pais da Alma Mendel, mais tarde Alma Belasco, resolvem mandar a filha, ainda uma criança, para casa de uma tia, irmã da mãe, que estava casada com Isaac Belasco, e que morava em São Francisco.

Alma foi recebida pela tia e pelo tio, pelas duas primas que a cumprimentaram de forma fria e pelo primo Nathaniel, por quem criou, logo de início, um grande laço, visto que este lhe lembrava Samuel, o irmão que estava na Real Força Aérea a combater os nazis. Entre Nathaniel e Alma distam apenas cinco anos de diferença.

Os primeiros tempos em casa dos tios não foram fáceis para Alma, devido à saudade que tinha da sua terra natal. Contudo, aos poucos, foi-se habituando, sobretudo devido ao apoio incondicional de Nathaniel. Certo dia, este apresenta-lhe o jardineiro da casa, o Takao Fukuda, japonês, que tinha um dom especial para plantar as árvores e plantas mais bonitas. Takao tinha um filho, o mais novo de todos, que se chamava Ichimei.

A ação deste livro decorre décadas mais tarde, em que Alma Belasco, já com setenta e sete, se encontra instalada num lar geriátrico, chamado Lark House, onde se havia instalado para se despedir da sua vida que tinha sido dedicada às artes. Neste lar, é visitada por Seth Belasco, seu neto, que não percebe o motivo por que a sua avó decidira instalar-se em Lark House. Aí, nesse mesmo local, Alma conhece Irina Bazili, uma jovem funcionária moldava, que se tornará amiga de Seth e sua secretária pessoal. A eles caberá desvendar o mistério das ausências prolongadas de Alma. Apesar de estar instalada num lar, esta tinha permissão para se ausentar, visto que este lar permitia isso aos idosos que ainda mantinham alguma destreza, quer a nível cognitiva quer a nível motor.

Mas vamos voltar um pouco mais atrás. Como já vos disse, Alma foi enviada pelos pais para a casa dos tios Belasco. A Europa encontrava-se em guerra, até que em dezembro de 1942 Pearl Harbor é atacado pelos japoneses, em pleno clima de negociação. O ataque foi tão severo que os americanos decidem construir campos de “concentração” para mandarem para lá os japoneses que se encontravam no seu pais. Escusado será dizer que a família de Ichimei foi enviada para lá, apesar de todas as tentativas frustradas de Isaac Belasco.

Alma e Ichimei foram separados em criança e só se voltaram a reencontrar em idade adulta, quando a guerra terminou e os japoneses foram “libertados”. A paixão dos dois falou mais alto e, finalmente, a puderam consumar. Apesar de todos os cuidados, Alma engravidou. Tinha agora de tomar uma decisão: assumir a gravidez e viver com o seu amado, mas sem luxos, ou abortar e fazer de conta que nada se passou. Por mais que o amasse, Alma não se via sem os luxos a que estava habituada, pelo que confessou tudo ao primo Nathaniel e pediu que fosse consigo ao México para efetuar o tal aborto. Muito relutante, decidiu acompanhar a prima, mas assim que chegaram e viu as condições em que o mesmo ia ser feito, desistiu no mesmo momento, dizendo que assumiria o filho que a prima tinha no ventre como sendo seu.

Foi numa cerimónia recatada que Alma e Nathaniel se casaram. A barriga crescia de um dia para dia, quando no sexto mês de gravidez aconteceu o impensável. Devido a uma eclampsia, Alma abortou espontaneamente. A perda do bebé deixara-a seca por dentro e foi então que Nathaniel sugeriu fazerem uma viagem pelo mundo. Foi durante essa viagem que Alma e Nathaniel, envoltos em álcool, consumaram o casamento. Meses mais tardes, nascera Larry, pai de Seth. Larry foi a lufada de ar fresco que os sogros de Alma precisavam. Quatro anos após o nascimento do neto, Isaac morre. A família Belasco nunca mais foi a mesma. Durante as cerimónias fúnebres, Alama reencontra Ichimei. Esta corre para o cumprimentar quando se apercebe que ele estava casado. Tudo ruiu à sua volta. Contudo, o que é nosso, a nós virá, e catorze anos após este pequeno reencontro, e antes de se descobrir a doença de Nathaniel, Alma e Ichimei voltam para os braços um do outro, parecendo que nunca tinham saído dos mesmos.

Nathaniel morre poucos meses depois, vítima de Sida. Mas antes de morrer, confessa o seu segredo a Alma. Nathaniel era homossexual e Lenny Belial o seu grande amor. Alma melhor do que ninguém sabia o que era viver um grande amor às escondidas.

Curiosidades do destino, Lenny e Alma voltam-se a reencontrar na Lark House, anos mais tarde, onde revivem partes do passado comum.

Já com os seus oitenta anos, Alma sofre um acidente de viação. É levada para um hospital, mas o médico avisa que os danos são irreversíveis, acabando mais tarde por falecer. Irina tornara-se a sua companheira de quarto, não a deixando só. Foi numa das noites que viu o corpo de uma figura de média estatura e magra junto de Alma. Assumiu logo que se tratara de Ichimei e este tinha vindo ver Alma. Nessa mesma noite, Alma acaba por falecer, ou seja, tal como Alma sempre dissera, Ichimei tinha vindo buscá-la. Irina quando se encontra com Seth diz-lhe que viu Ichimei junto da sua avó. Seth estranhou o desabafo, pois Ichimei tinha falecido há três anos, vítima de ataque cardíaco, o que coincidiu com a entrada dela no lar.

Esta foi uma história de amor que atravessou gerações, e até mesmo continentes, que nos mostrou que quando duas almas gémeas se encontram, nada e nem ninguém os pode separar!

Até para a semana …

TCR

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s