Unemos as mãos

Olá, meus amigos! Sejam bem-vindos a mais uma sexta feira. A frase que vos trago é “O mundo precisa de mãos unidas e não de dedos apontados” e é de autor desconhecido.

Num mundo em que as redes sociais cada vez mais predominam, as interações pessoais passam a existir num mundo quase utópico. Quantas vezes vamos a restaurantes e vemos que as pessoas estão a “conversar” agarradas ao telemóvel e não uns com os outros?

As redes sociais permitiram mitigar as distâncias, mas também criaram um grande fosso relacional e social.

Recentemente, o mundo foi posto à prova, todos sofremos privações de naturezas várias. Penso que desta privação resultou uma mensagem global. É altura de unirmos as mãos, uma vez que a união faz a força, e deixarmos de apontar dedos. Está na altura de deixarmos de ser egoístas e pensarmos de forma coletiva.

Ninguém consegue sobreviver sozinho. Precisamos sempre de alguém, independentemente de um familiar ou de um amigo. A interação é, talvez, das melhores coisas que temos e é gratuita. Apesar de reconhecer que o mundo digital ajudou a mitigar a distância, está na altura de o passarmos para segundo plano e aproveitarmos a 100% quem temos a nosso lado.

Nunca se esqueçam: um mundo unido jamais será vencido!

Até daqui a quinze dias …

TCR

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s