Vive para que a tua falta seja sentida!

Olá, a todos, e sejam bem-vindos a mais uma rubrica. A frase que hoje vos trago é “Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida” e foi proferida pelo Bob Marley, um famoso cantor reggae que tinha uma forma muito própria de ver o mundo.

Nunca se sentiram que para serem lembrados tinham de estar presentes? Isto é, que as pessoas só se lembravam de vós quando vos viam? Decerto que sim, até eu.

Mas também vos digo que podemos não estar presentes e mesmo assim sermos lembrados, porque cada um de nós tem uma essência própria que marca presença, mesmo não estando presentes. E essa essência deve ser constantemente trabalhada para que nunca estejamos realmente ausentes.

Devemos viver a nossa vida para que a nossa falta seja sentida e não a nossa presença, porque podemos estar presentes fisicamente e, no entanto, estarmos ausentes. A nossa vida, para além de curta, é uma mera passagem, passagem essa que deve perdurar e não desvanecer, como o nosso corpo. Cada um de nós tem uma missão em cada vida terrena. Faz com que a tua seja viver cada dia como se fosse o último para que a tua falta seja sentida. Aproveita cada dádiva como aquilo que verdadeiramente representa: uma lembrança no mundo dos ausentes.  

Até daqui a quinze dias …

TCR

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s