Cura-te 💖

Olá, a todos, e sejam bem-vindos a mais um processo de cura! Voltamos a mais uma semana e esta como não poderia ser diferente é uma semana de CURA! Como já disse anteriormente esta rubrica é inspirada na grande pioneira do crescimento pessoal. Para quem não conhece, esta senhora é a grande Louise Hay!

Hoje vamos curar, porque cada doença física vem, de certa maneira, de um padrão que temos na nossa vida e é esse padrão que nos bloqueia e que nos transmite aquela doença. Louise Hay disse uma frase que nos traduz isso, que é “Sou saudável, pleno e completo”. Hoje, vamos falar sobre as Insónias.

Anúncios

É definida como uma experiência subjetiva de sono inadequado ou de qualidade limitada, apesar de existir uma oportunidade e condições adequadas para dormir, com prejuízo para o funcionamento social, ocupacional e de outras atividades diurnas. Pode ainda ser definida como uma dificuldade em iniciar o sono (insónia inicial), dificuldade em mantê-lo (insónia intermédia), acordar muito cedo (insónia terminal) ou, embora com menor frequência, por uma queixa de sono não restaurador ou de má qualidade.

Quanto à duração, pode ser aguda (duração inferior a quatro semanas) ou crónica (duração superior a quatro semanas) com os sintomas a ocorrer pelo menos em três noites por semana. O sono preenche aproximadamente um terço da vida e é fundamental para a recuperação física e psíquica do indivíduo. Vários estudos apontam para uma diminuição do seu tempo médio, da ordem de hora e meia, relativamente ao início do século passado. Por outro lado, nos países europeus o aumento dos gastos com os “medicamentos para dormir” é uma realidade e constitui uma preocupação crescente. As perturbações do sono constituem, portanto, um problema de saúde pública que requer uma intervenção quer a nível individual, quer num âmbito mais vasto.

Anúncios

Ao avançarmos nesta causa, Louise Hey desenvolveu uma lista que devemos fazer antes de qualquer coisa. Deixo-vos aqui esta lista de conselhos antes de tratarmos as Insónias !

  1. Procurar a causa mental. Verificar se ela é verdadeira para ti. Se não for, senta-te serenamente e pergunta-te: “Que pensamentos poderiam ter criado isto?”
  2. Repete para ti mesmo: “Estou disposto a eliminar o padrão que criou esta situação na minha consciência”
  3. Repete várias vezes o novo padrão de pensamento
  4. Assume que já te encontras num processo de cura.

Estas são as dicas da nossa Louise Hey para eliminarmos o padrão que nos está a transmitir esta doença física! Contudo, estes mal-estares podem ter ocorrido no passado ou pode ser uma coisa recente, pois o seu padrão ainda não foi eliminado!

Anúncios

Insónias

  • Causa Provável: Medo. Não confia no processo da vida. Culpa.
  • O Novo Padrão de Pensamento: ” Com amor deixo ir o dia e entro num sono tranquilo, sabendo que o amanhã cuidará de sim mesmo.”

Com este método aprendemos a dizer ao nosso corpo físico que está tudo bem, e assim curamos o nosso corpo espiritual, para não dizer, que eliminamos padrões antigos! Se quiseres ver alguma doença discutida em particular, menciona nos comentários ou envia-nos mensagem privada!


Até para a Semana & Cura-te

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s